fbpx

4 Tendências Tecnológicas para Empresas

Tendências

Que a indústria 4.0 trouxe uma série de ferramentas e dispositivos tecnológicos para ampliar os processo corporativos você já sabe, certo? Contudo, além de revolucionar o mercado, ela gerou fábricas mais inteligentes e capazes de reduzir a mão de obra humana. Confira as novas tendências tecnológicas. 

Uma fábrica de filtro de ar consegue ser mais produtiva e eficiente com as novas tecnologias, por exemplo.

Nesse sentido, é importante mencionar que a indústria 4.0 consiste na articulação de sistemas físicos e virtuais, responsáveis por viabilizar processos e automatizar a rotina produtiva e administrativa, por meio de ferramentas e performances tecnológicas. 

Com isso, não é difícil destacar que estamos vivendo a quarta revolução industrial, movida por inúmeras tecnologias que revolucionaram o mercado, como a inteligência artificial, internet das coisas, automação industrial, aperfeiçoamento de processos, entre outros. 

Pensando na importância da indústria 4.0 e nos dispositivos revolucionários, preparamos este post.

Nele, você verá tendências tecnológicas que são capazes de alavancar o seu negócio. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo!

1. Robôs autônomos 

Certamente você já deve ter ouvido falar que os robôs são sistemas que mudaram a rotina corporativa e até mesmo a doméstica. Isso porque eles são capazes de executar tarefas que exigem precisão, força e um número maior de repetição. 

Dessa forma, os robôs autônomos estão se tornando cada vez mais flexíveis e dinâmicos, possibilitando a otimização dos processos fabris. Em resumo, eles aprendem com os seres humanos, melhorando continuamente os procedimentos.

Além disso, vale ressaltar que eles são econômicos e possuem a capacidade de realizar tarefas em grande escala, reduzindo ou até mesmo eliminando a necessidade de contratar a mão de obra humana para serviço de solda, por exemplo. 

2. Simulação

É quase impossível falar sobre as tendências tecnológicas sem mencionar a importância da simulação nesse contexto.

Afinal, elas permitem que os trabalhadores testem e otimizem as configurações de ferramentas antes de serem desenvolvidas fisicamente. 

Com isso, é possível realizar processos em 3D para avaliar virtualmente as configurações de uma máquina ou dispositivo físico, a fim de fazer alterações ou modificar a estrutura. Isso economiza tempo, investimento e esforço. 

3. Internet das Coisas (IoT)

De fato: a Internet das Coisas revolucionou o mercado. Com ela, os dispositivos são aumentados por sistemas de computadores integrados a uma tecnologia padrão, permitindo a integração de dados. 

Dessa forma, é possível melhorar a comunicação interna e a interação entre os departamentos de uma companhia. 

Assim, é importante destacar que isso contribui com os processos de tomada de decisão e com a coleta de informações sobre o negócio, por exemplo. 

4. Big Data Analytics

Por fim, o Big Data Analytics é responsável por coletar, filtrar e analisar uma grande quantidade de dados, classificando-os de forma clara e precisa.

Afinal, um dos erros da transformação digital é não adotar sistemas adaptáveis aos processos. 

Basicamente, o Big Data Analytics é um programa novo no mercado, mas vale destacar que ele já é uma realidade em boa parte das empresas. Com ele, é possível coletar e analisar dados de várias fontes, como produção, marketing, finanças, segurança (como sistema de alarme de incêndio), entre outros. 

Gostou do nosso post sobre tendências tecnológicas para empresas? Então, compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

 

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Compartilhe esse post

Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *