fbpx

Email marketing – O que é e como usar

O email marketing já foi muito desprezado por ser considerado sinônimo de spam e mensagens intrusivas. Na verdade, se utilizado corretamente, ele é um ótimo canal para entregar as mensagens certas para as pessoas certas, no momento certo.

Segundo uma pesquisa realizada pela Pew Research, cerca de 92% dos adultos online utilizam email. Isso comprova que o email marketing não morreu e pode ser um forte aliado para seu negócio crescer.

 

O que é email marketing?

Email marketing é a comunicação de uma empresa para uma lista de contatos de consumidores ou potenciais consumidores, via email.

Os tipos de email marketing utilizados com mais frequência são:

  • Promoção e ofertas
  • Confirmação de compra
  • Divulgação de eventos
  • Curadoria de conteúdo (a famosa newsletter)

O email marketing nada mais é do que uma adaptação da típica “mala direta”, em que propagandas eram enviadas via correspondência. Mas a mala direta era um canal de comunicação em massa, muitas vezes, irrelevante para quem o recebia.

Por isso, o email marketing foi tão mal visto durante muitos anos. Felizmente, os profissionais do marketing passaram a ver o email marketing como um canal que possibilita uma comunicação mais pessoal com os consumidores efetuado por uma troca direta de mensagens.

 

 

Por que utilizar o email marketing na sua estratégia de marketing?

 

A atenção de muitos profissionais se volta para as redes sociais. Mas o email marketing é tão bom e eficaz quanto elas.

 

Uma lista de contatos é muito valiosa para sua empresa. Além de ser unicamente sua, quem está na lista deu permissão para receber seus emails. Por isso, o email marketing é o canal perfeito para criar um relacionamento próximo a potenciais clientes e aumentar a relevância da sua marca. Veja alguns motivos para utilizar o email marketing:

 

1. Grande alcance

 

O email marketing pode ser enviado para qualquer região. Ou seja, ele pode ser enviado para qualquer usuário de qualquer parte do mundo em poucos segundos e por um baixo custo.

 

2. Alcance previsível

 

Quando você faz um post na rede social da sua empresa nem todos os seus seguidores veem a mensagem. Isso acontece porque há algoritmos que determinam a relevância das mensagens para cada usuário.

Já no email marketing, o alcance é previsível (se não houver spam). Se uma mensagem de email for enviada para 20 contatos, todos eles receberão a mensagem.

 

3. Formato flexível

 

O email marketing não tem limite de caracteres para um email. Imagens e até GIFs podem ser utilizados. Ele pode ser complexo, com elementos gráficos ou bem simples, apenas com texto.

 

Além disso, você pode adequar o melhor formato para deixar sua mensagem bem pessoal para o destinatário. Incluir links e textos longos e explicativos ou textos curtos. E é claro, boas práticas devem ser seguidas para que toda essa flexibilidade não estrague sua estratégia.

 

4. Alto retorno financeiro

 

Para uma estratégia de email marketing você precisa de 3 coisas fundamentais: um domínio, uma ferramenta de email marketing e uma pessoa para executar sua estratégia de email marketing.

 

Seja qual for a ferramenta de email marketing que você utilizará em sua estratégia, o investimento não será alto e possivelmente irá gerar um grande volume de receita. É exatamente por isso que o email marketing é o canal de marketing digital que possui o melhor retorno financeiro.

 

5. Segmentação

 

Na estratégia de email marketing é possível segmentar bem quem irá receber suas mensagens. Essa alta segmentação garante taxas maiores de interação com o conteúdo enviado.

 

6. Permissão

 

A pessoa que recebe um email marketing é porque permitiu, em algum momento, que aquele conteúdo fosse enviado para ela. Com isso, seu email marketing não será confundido com spam.

 

Outro ponto positivo do email marketing é o cancelamento do recebimento. Sempre deixe uma opção para que o destinatário pare de receber os emails quando desejar. Isso evita aborrecimentos e não afeta negativamente a imagem da sua empresa.

 

7. Mensuração dos disparos

 

É possível mensurar o envio das campanhas de email marketing através de métricas essenciais, como as taxas de aberturas e cliques, crescimento da sua lista de contatos (pessoas que querem receber seus emails) e taxa de unsubscrive (quantidade de pessoas que cancelarem o recebimento do seus emails).

 

Mas como em qualquer outra mídia, é preciso planejar para obter bons resultados.

 

 

17 dicas de como fazer seu email marketing

 

1. Não compre listas de emails

 

Esse jeito “fácil” de conseguir endereços de email não trará resultados. Você pode acabar em uma lista de spam e sua reputação ficará péssima.

 

Acontece que quem receber mensagens da sua empresa, sem nunca ter permitido, não confia e não passará a confiar em você depois disso. O que você está alimentando ao comprar uma lista de emails é uma prática desonesta de um marketing ultrapassado baseado na interrupção.

 

2. Escreva um título irresistível

 

Uma das primeiras pessoas que alguém vê é o título, tanto do artigo como do email. Então, se você escrever um título que não desperte interesse no seu destinatário, sua mensagem não será aberta e o conteúdo dela não será lido. Ou seja, sua estratégia de email marketing será um fracasso. Portanto, dedique-se ao título. Ele é muito importante.

 

Uma outra dica é não ultrapassar os 70 caracteres. Menos é mais e títulos longos não despertam tanto interesse quanto os curtos.

 

3. Seja pessoal

 

Ao invés de usar o nome da empresa como remetente, use seu nome. Pessoas se relacionam com pessoas e é por isso que elas tem interesse em saber quem está por trás de uma empresa. Essa maneira de ser mais pessoa gera uma conexão maior entre a empresa e os clientes.

 

4. Personalize o email com o nome do destinatário

 

Ao capturar emails, você tem duas opções:

 

  1. Capturar apenas os emails e não os nomes das pessoas;
  2. Capturar o email e os nomes das pessoas;

 

O que difere uma opção da outra é que quando o nome é solicitado, consequentemente você capturará menos emails. Isso pode soar como algo ruim, porém esta lista menor de emails será mais responsiva e irá abrir mais as suas mensagens. O aumento do número de cliques ao colocar o nome do leitor pode ser de até 14%.

 

5. Conheça seu público

 

Ninguém é igual a ninguém. É importante saber com quem está se falando. Conheça seu público antes e depois de colocar sua estratégia de email marketing em prática.

 

6. Otimize sua newsletter para mobile

 

Utilize um bom software de email que seja responsivo. Assim como um site responsivo, o email responsivo é aquele que se adapta a diferentes tipos e tamanhos de telas.

Um software que permite o envio de emails responsivos é o MailChimp. Com ele, é possível ver como ficará seu email em outras telas antes mesmo de enviar.

 

 

7. Não exagere na frequência

Muitas pessoas descadastram seu email por receberem muitas mensagens. Portanto, envie emails somente quando necessário e com conteúdo de valor e relevante para seus leitores.

 

8. Seja objetivo, vá direto ao ponto

 

Além de enviar emails somente quando necessário e com um bom conteúdo, vá direto ao ponto. Ninguém gosta de ter o tempo tomado. Escreva apenas o essencial para as pessoas entenderem sua mensagem. Sem rodeios e enrolação.

 

9. Seja gentil

 

Procure ajudar o leitor, ser pessoal e lembrar que pessoas gostam de se conectar com pessoas. Assim, você se tornará confiante para seu leitor.

 

10. Relembre o leitor do porquê ele recebe aquele email

 

Mesmo sendo básica, essa técnica ainda não é muito utilizada. Quem é que nunca se esqueceu de algo? O seu leitor pode não lembrar quando permitiu que recebesse emails da sua empresa, descadastrar o email e ainda marcar o seu email como spam.

 

Por isso, escreva algo como um aviso de como ou onde a pessoa se cadastrou. Por exemplo, “Você está recebendo esse email porque se cadastrou no blog Sapiens Solutions.”

 

11. Não fale tanto de você ou da sua empresa

 

O seu leitor é o centro das atenções. Use mais a palavra “você” do que “nós” e “eu”. Os problemas a serem resolvidos em questão são os do seu leitor. Fale os benefícios da sua empresa para ele ao invés de falar sobre o sucesso da sua empresa ou quão boa ela é.

 

12. Recompense

 

Receber uma recompensa é ótimo. Isso faz os seus leitores se sentirem bem por terem cadastrado em sua lista. Há diversos itens para serem oferecidos como recompensa, como:

 

  • E-book
  • Templates
  • Webminar
  • Vídeos gravados
  • Minicursos e certificações online
  • Infográficos
  • Planilhas

 

A recompensa ajuda a melhorar o relacionamento entre a empresa e seus clientes.

 

13. Evite imagens

 

Alguns serviços de email barram mensagens com imagens e o leitor tem que confirmar o recebimento delas. Se suas imagens não aparecerem, isso resultará em taxas de clique menores.

 

14. Coloque links

 

A lógica é bem simples: quanto mais links, mais cliques. Coloque links relevantes para o leitor. Mas tome cuidado para não exagerar na quantidade.

 

15. Tenha uma Call to Action visível

 

Facilite para o leitor, deixe a Call To Action logo no começo do email e em outras partes. Assim, o leitor não terá que rolar até o final da mensagem para clicar nela.

 

16. Post Scriptum

 

Deixe um lembrete de alguma Call to Action após se despedir. O Post Scriptum (escrito depois) funciona muito bem, até mesmo em palestras, artigos e outros.

 

17. Uma estratégia de sucesso precisa de testes

 

Testes são sempre bem-vindos. Você pode testar os formatos de conteúdo, os títulos e outras coisas. Só é possível saber se algo funciona se for testado.

 

Você também pode utilizar Heatmap no seu email marketing para saber com quais partes os leitores interagem mais.

 

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais e comente aqui o que achou.

 

Fontes:

1,2,3,4,5

 

 

 

Compartilhe esse post

Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.