fbpx

Por que a velocidade de um site é importante?

Velocidade de um site

 

Se o seu site possuir um bom layout, ótimos conteúdos e ser agradável para os visitantes, você pensaria que seu site é relevante, certo? Porém, você já parou para pensar se a velocidade de carregamento do seu site pode interferir nas visitas que ele recebe? Muitas pessoas simplesmente iriam sair do seu site se ele demora para carregar e provavelmente não iriam voltar.

 

Qual a ligação de SEO e velocidade?

 

A velocidade do seu site afeta diretamente em seu SEO. É importante estar sempre atento a isto e verificar se a sua plataforma tem uma boa velocidade.

 

Um site lento tem um ranqueamento baixo. Acessar um site e ter que esperar para ele carregar pode ser uma situação que incomode e que, com certeza, fará com que estes visitantes evitem sua página. Por tanto, é lógico associar a velocidade ao ranqueamento. Se os usuários demonstram um comportamento que indica que sua página não é boa, ela perde a relevância. Embora muitos não saibam, esse fator de ranqueamento foi introduzido pelo Google em 2010.

 

Por que a velocidade de um site é importante?

 

A velocidade interfere em outras coisas além do SEO, como os visitantes. Ao criar um site, um dos principais objetivos deve ser a velocidade dele, o que garante acessos e rentabilidade. Afinal, a velocidade do site é um dos fatores essenciais para o usuário ter uma experiência boa. Um site rápido traz usuários fidelizados, rentabilidade com o uso de Google Adsense e outros.

 

 

O que prejudica a velocidade de um site?

 

Há muitas coisas que deixam o site lento. Vamos lá:

1. Excesso de anúncios

 

Pensou em colocar muitos anúncios no seu site? Repense. Os anúncios podem deixar a plataforma do seu site lenta e podem até travar a página dependendo do navegador que o visitante estiver usando. Além disso, muitos anúncios podem fazer o usuário ter uma impressão de “bagunça” sobre a sua página.

 

2. Mídia incorporada

 

Vídeos e mídias incorporadas em excesso deixam o carregamento demorado. Ao invés disso, pense em soluções mais harmônicas, simples e práticas. Você também pode salvá-los diretamente no seu servidor.

 

3. Código denso

 

Uma das partes principais na criação de um site pode afetar o tempo de carregamento. Limpe o código HTML e CSS de sua página para ter um desempenho melhor. Se você não sabe fazer isso, busque ajuda de algum profissional da área.

 

4. Excesso de Widgets

 

Use somente Widgets realmente necessários. Comentários, botões de compartilhar na rede, calendário e outros podem deixar seu site lento.

 

5. Uso de tema e imagens pesados

 

Alguns temas são tão pesados que diminuem a velocidade da página. Procure sempre usar temas e imagens leves, equilibrados e visualmente atrativos. O excesso de imagens e itens em uma página com a intenção de chamar a atenção do leitor pode afugentar ele.

Outra dica é comprimir as imagens para PNG, que é um formato bem leve e mantem a qualidade. Já logotipos e pictogramas devem ser em JPEG.

 

6. Navegador, plug-ins e aplicativos não otimizados

 

O uso de Flash em aplicativos pode ser drasticamente um redutor de velocidade no seu site. Não se esqueça de testar o seu site em diferentes navegadores e analisar sua velocidade. Após isso, faça mudanças se necessário.

 

7. Hospedagem com servidor ruim

 

Já dissemos muitas vezes que um servidor é um fator importante para seu site estar no ar e para um bom desempenho. Procure empresas especializadas neste serviço.

 

Dicas para otimizar a velocidade de um site

 

Já que a velocidade de um site é tão importante, aqui vão algumas dicas de como otimizá-la:

 

1. Monitore a velocidade do seu site

 

Há ferramentas feitas para acompanhar a performance de seu site, como o Pingdom. O Google também possui uma ferramenta chamada PageSpeed Insights, que não fornece dados mas aponta os problemas que devem ser melhorados.

 

2. Elimine o excesso de conteúdo e recursos

 

Elimine recursos desnecessários como espaçamento em branco no html, múltiplos arquivos de estilo (css), scripts externis, plug-ins e extensões desnecessárias e redirecionamento 301. Além de ocupar espaço, eles pesam a página e deixam o carregamento lento. Deixe na página somente o que realmente é necessário. A ferramenta do Google que citamos na dica anterior é bem útil para guiar neste processo.

 

3. Reduza as imagens

 

As imagens podem deixar o site lento. Para evitar isso, reduza o tamanho das imagens. Você pode utilizar alguma ferramenta online que não perderá a qualidade da imagem, como o TinyJPG.

 

4. Utilize um plug-in para cache

 

Para evitar a sobrecarga do servidor, você pode utilizar um plug-in para cache. Isto irá gerar uma cópia idêntica da página e armazená-la em um arquivo estático. Uma vez que a página já fica salva na memória, este recurso é ótimo tanto para os usuários como para o buscador.

 

5. Usar uma bom serviço de hospedagem e servidor

 

Para não ficar na mão, use um bom serviço de hospedagem e servidor. Assim, seu site estará sempre no ar, com um carregamento rápido e você ainda poderá contar com suporte. Para você ficar tranquilo, sem se preocupar com toda essa parte técnica e ter um ótimo site, conte com a Sapiens Solutions. Ela possui servidores próprios, com alta performance e muito poder de escalabilidade para levar a sua empresa mais longe.

 

Gostou do nosso artigo? Compartilhe com seus amigos e comente o que achou.

Fontes:

1,2

 

 

 

Compartilhe esse post

Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *